Ambientação

Há 27 anos atrás, os dragões foram dados por extintos graças a uma terrível doença que exterminou as espécies, mas um criador clandestino surge com uma grande quantidade de ovos e o Ministério se empenha para reproduzi-los. Responsável por desenvolver cruzas de dragões para recriar os híbridos antes existentes, o Centro de Pesquisas Thunderbird foi saqueados por comensais que planejavam a criação de um exército poderoso para assumir o controle do Ministério. Em resposta, o governo desmembra o Departamento de Pesquisa e Limitação de Dragões e cria a Sede de Domadores e Cavaleiros de Dragões para tentar se defender da ameaça que vinha.


Últimos assuntos
Awards
A mais pervertida
Postadora The Flash
Afiliados
Créditos
Skin hecho por Hardrock de Captain Knows Best. Li Europan lingues es membres del sam familie. Lor separat existentie es un myth. Por scientie, musica, sport etc, litot Europa usa li sam vocabular.

Li lingues differe solmen in li grammatica, li pronunciation e li plu commun vocabules. Omnicos directe al desirabilite de un nov lingua franca: On refusa continuar payar custosi traductores.

[RP] I'm back home, my love.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Aki Ward Tykkyläinen em Qui Jun 15, 2017 3:45 pm

Home

H o m e!

RP fechada entre os personagens Xayah L. Tykkyläinen e Aki Ward Tykkyläinen na Finlândia. Nessa RP, Xayah descobrirá que seu marido morto na verdade não está mais morto. O dia está frio, com um ar mais cinzento. São aproximadamente 17 horas da tarde.



Não interrompa, - se não morre.
Mensagens :
8

Data de inscrição :
09/06/2017


Ver perfil do usuário
Comensais da Morte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Aki Ward Tykkyläinen em Qui Jun 15, 2017 5:08 pm

H O M E
Don't worry about the darkness in my soul, it ignites me like an embered coal.
Aki caminhava a passos lentos e hesitantes pelas ruas de Rovaniemi, na Finlândia. Estava preocupado, fazia muito tempo que não a via, que não via sua esposa. Xayah estava sentada no banco de uma praça, lendo um livro. Ela não havia mudado nem um pouco desde que se conheceram. Três anos atrás, quase que exactos, Aki teve que se afastar da família. E como não suportaria ver Xayah triste por ter largado ela, decidiu forjar sua morte.

Aki é um comensal, sempre leal até o fim à sua Lady. Foi por esse motivo, resumidamente, que teve que afastar-se de Xay e de Annikki, sua filha. Quando conheceu Xayah, estava disfarçado. Precisava ter uma vida "normal" como bruxo para não ser investigado pelo ministério. E conheceu ela quando estava nesse disfarce, o que o impossibilitou de revelar seu verdadeiro eu para a mulher.

Xayah folheou o livro mais uma vez, completamente focada. Mas só então percebeu que pequenos e cristalizados flocos de neve começavam a cair vagarosamente dos céus, acumulando-se no banco ao lado dela e um pouco em seus próprios cabelos. Estava tarde, já eram cinco horas e meia da tarde, logo logo escureceria e a aurora boreal se tornaria presente mais uma noite naquele frio, porém confortável, inverno da Finlândia.

Encostou-se em uma árvore de coloração marrom mais escura, esperando camuflar-se e esperando que Xayah não o visse ali. Sentia falta da morena, e o sentimento que já sentiu por ela, e que ainda sente, fez as suas batidas de coração aumentarem. Só queria ficar ali, vendo-a seguir com a sua vida. Queria poder toca-la, abraça-la, beija-la, mas uma vez sendo comensal, só haveriam dois jeitos de sair: Morrendo, ou tendo seus motivos para sair destruídos. Aki não queria, por nada nesse mundo, que a pessoa mais importante da sua vida morresse, e por isso fora embora a tanto tempo atrás.

I'm not dead anymore.

With: Xayah Lyudvigovitch Tykkyläinen
Where: In Finland

future ♣
Mensagens :
8

Data de inscrição :
09/06/2017


Ver perfil do usuário
Comensais da Morte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Xayah L. Tykkyläinen em Qui Jun 15, 2017 5:38 pm

My life is Alive?
Miss you
Logo mais passaria mais um ano, mais um ano sem o amor de sua vida, isso fazia Xayah sentir uma enorme dor em seu peito, mas tentava agir normalmente. Como estava sozinha em casa já que seus bebes Nikki e Sean estavam na escola, pegou um de seus livros, aquele que já havia lido duas vezes, o ultimo presente de seu amado e caminhou para o parque mais próximo de sua casa. Olhava as vitrines e lojas pelo caminho mas nada realmente chamava sua atenção, até que chegou ao local de destino, escolheu um dos bancos e por lá ficou por horas lendo, tentando retirar as péssimas lembranças de sua mente.
Ao contrario dos anos anteriores a mulher se sentia um tanto inquieta esse ano, era difícil focar a atenção no livro e não sabia descrever o porque. Mas assim se forçou a focar nas paginas escritas por mais uma vez, chegando a dar alguns doces sorrisos em suas partes favoritas. Antes que pudesse chegar ao final sentiu a neve cair sobre ela e assim suspirou falando baixinho para si mesma.
Nada como a neve para completar um dia solitario como hoje...
Não se preocupou em tirar a neve dos cabelos negros, apenas limpou a pagina do livro para voltar a sua leitura quando ouviu um som muito familiar, o choro de uma criança que brincava no local, não podia negar o extinto materno mesmo que seus filhos já estivessem mais grandinhos Nikki com 14 e Sean com 12, e voltou o rosto para o pequeno que havia se acidentado, na neve atrás do banco. Ao ver o que acontecera, se levantou colocando o livro sobre o banco e caminhou até o pequeno se ajoelhando ao lado dele o vendo com o joelho ralado. Colocou a mão próxima do machucado e fez um carinho no garoto dizendo da forma mais carinhosa possível
Calma pequeno, não foi nada, já já vai passar, a tia Xayah promete!
Apesar da aproximação o garoto não se assustou com a maior que tentava ajuda-la e apenas foi aos poucos parando de chorar enquanto Xayah tentava acalma-lo, poderia fazer a dor dele sumir com mágica, mas era contra isso principalmente com crianças, pois achava que os pequenos precisavam aprender com seus erros e sabia que não poderia fazer mágica em um lugar trouxa.




She has felt too much pain in her life
In her mind she's repeating the words
"All the love you put out will return to you"

Mensagens :
79

Data de inscrição :
02/06/2017

Localização :
Rovaniemi - Finlândia


Ver perfil do usuário
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Aki Ward Tykkyläinen em Qui Jun 15, 2017 6:08 pm

H O M E
Don't worry about the darkness in my soul, it ignites me like an embered coal.
Olhando para ela agora, Aki não conseguia compreender como alguém tão bela e gentil poderia ter aceito a sua proposta de casamento. Ele era mal, e cruel. Não conseguia entender como alguém poderia gostar dele. Xayah era simplesmente perfeita. Uma mulher inteligente, uma mãe amorosa, uma esposa fiél... "Até que a morte os separe." - Relembrou-se Aki, do dia em que finalmente jurou perante Merlin que casaria, cuidaria e amaria aquela mulher. Não pode não lembrar do quanto ela estava radiante aquele dia, e isso resultou em um pequeno sorriso bobo aparecer nos lábios do homem.

Xayah levantou-se, ao ver que o garoto já estava melhor. A mãe dele havia acabado de chegar e ambas conversaram por alguns minutos, gesticulando amigavelmente uma para outra. Tão simpática... Logo após isso, Xayah pegou seu livro, e então, aparentemente, já ia saindo do parque, rumo a sua casa.

Seus passos eram apressados, afinal, quem iria querer ficar em meio a toda aquela neve? Foi no momento em que ela já estava quase chegando ao portão do parque para sair, que Aki fez uma coisa que não deveria, que não deveria fazer sob hipótese alguma: Ele correu atrás da mulher, e em poucos segundos já segurava a sua mão, impedindo que saísse.

Aki não entendia o porquê de ter feito aquilo. Ele não deveria, não deveria, não deveria NUNCA fazer aquilo que fez. Ele acabara de por um alvo novamente nas costas de Xayah, e nunca se perdoaria por isso. Tanto que, quando a morena virou-se para trás para ver quem a segurava, ficou estática, o olhando. O Tykkyläinen, com os olhos marejados pela saudade, e sem ter o que dizer exactamente, puxou Xayah para seus braços, com a intenção de nunca mais solta-la.


I'm not dead anymore.

With: Xayah Lyudvigovitch Tykkyläinen
Where: In Finland

future ♣
Mensagens :
8

Data de inscrição :
09/06/2017


Ver perfil do usuário
Comensais da Morte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Xayah L. Tykkyläinen em Qui Jun 15, 2017 6:35 pm

My life is Alive?
Miss you
Dava toda a sua atenção ao pequeno até o fazer finalmente sorrir, com isso dava um beijinho na perna do mesmo dizendo como se fosse um segredo
Isso é a mágica que vai curar você!
Sorria e se levantava para conversar com a mãe que chegava toda preocupada, contava que o pequeno havia escorregado na neve e ralado o joelho, mas que já estava tudo bem, assim xayah piscava para o garoto como se fosse um segredo dos dois ela ter usado a "mágica do beijinho"  até que em um determinado momento voltou para os dois e disse
Acho melhor irmos, a nevasca que vai vir promete que ninguém chegara em casa antes da meia noite se não corrermos!
Sim mãe e filho eram trouxas, Xayah tentava agir como uma também, afinal para ela seria fácil aparatar de dentro do parque para casa, então se despediu de ambos e pegou seu livro, para assim caminhar para fora do local e voltar para aquela casa para ficar sozinha novamente, esse pensamento fazia a mulher suspirar, mas sorria e acenava para a criança até perde-la de vista, pelo menos havia feito um pequeno sorrir, seu dia poderia estar ganho depois disso, mas ao chegar na porta do parque sentiu alguém tocar sua mão, seus dedos se entrelaçavam com os dele sem nem pensar, era um toque quente e que parecia confortar sua alma, o que era estranho não se sentia assim desde... Rapidamente virou o rosto para ver quem a segurava, aqueles olhos, aquele rosto, aquele calor... seu coração se acelerava na hora e seus olhos se enchiam de lágrimas, "mas você está morto" era o que passava na cabeça da morena segundos antes de ser abraçada por ele, tentava dizer algo mas era difícil, pensava ser alguma brincadeira de mal gosto de algum bruxo, mas era tão confortável estar em seus braços que essa ideia logo sumia da cabeça de Xayah que apenas deixava com que as lágrimas corressem de seus olhos livremente enquanto tentava escolher o que dizer. Até que finalmente de seus lábios saiu baixinho e reticente, talvez de tudo que queria falar isso resumia bem as perguntas que tinha, mesmo que talvez não fizesse sentido sem o resto.

Aki... meu...amor.... porque...

Assim afastava o rosto do peito do rapaz e ria limpando as lágrimas com a mão tentando se afastar era incrível a semelhança para não ser ele, mas por mais que seu coração contasse a verdade a ela, dizendo que aquele era seu marido, sua mente talvez pelo medo de sofrer novamente, a fazia se recusar a acreditar naquele curto momento, que era Aki ali de verdade. Sua risada era uma risada nervosa, seu corpo estava tremulo e não era por causa do frio, como era possível ele estar ali a sua frente?... Bom era realmente muito estranho uma aproximação dessas de um estranho... mas se pensasse muito sobre o assunto não demoraria para beija-lo. Então voltava seu olhar aqueles belos olhos azuis e por mais que seus lábios dissessem uma coisa seu olhar a entregava, era um olhar expressava o que seu coração sentia, era um olhar apaixonado, cheio de saudade, carinho, mas ainda sim tinha um suave toque de tristeza, por se lembrar da dor que foi quando ele partiu e viver sem seu companheiro ao seu lado por tanto tempo.

Me desculpe, eu devo estar louca, alucinando depois de velha... hahaha...em que posso ajuda-lo senhor....



She has felt too much pain in her life
In her mind she's repeating the words
"All the love you put out will return to you"

Mensagens :
79

Data de inscrição :
02/06/2017

Localização :
Rovaniemi - Finlândia


Ver perfil do usuário
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Aki Ward Tykkyläinen em Ter Jun 20, 2017 12:41 am

H O M E
Don't worry about the darkness in my soul, it ignites me like an embered coal.
O momento havia sido tão rápido que Aki mal teve tempo de raciocinar o que mais parecia um sonho, mas era real. Completamente real. Mas realmente, Aki não poderia ter feito aquilo. Sob hipótese alguma. Se ele realmente fez, nunca poderia desculpar-se por, novamente, colocar o amor da sua vida em perigo. Não! Aquilo NÃO iria acontecer. Não se Aki pudesse evitar. Com os pensamentos convictos e cheios de determinação, quase que ignorando seus sentimentos pela mulher, Aki segurou os ombros dela, afastando-os um pouco, mesmo que tudo naquele mundo dissesse que não poderia de forma alguma fazer aquilo.

— De-desculpe senhora. Acho que eu te confundi com outra pessoa, e pelo visto você também. — Falou, usando e abusando de suas habilidades como um bom mentiroso. Não poderia deixar que Xayah percebesse que era ele de verdade, mesmo que tudo indicasse que sim. — Me desculpe novamente. — Falou, virando-se de costas, mas antes disso, olhando uma ultima vez para os olhos de Xayah. Foi tão profundo que parecia que seus olhares se fundiriam um no outro, mas isso durou apenas alguns segundos. Foi muito rápido, tanto quanto o acontecimento mais recente também.

Aki saberia que não poderia manter aquela pose impassível por muito mais tempo. Então, simplesmente arrumou seu sobretudo sobre seus ombros, olhou para os lados rapidamente, e desapareceu andando pela imensa rua que dava para a saída do parque, vendo tudo, aos poucos, encher-se de neve, congelando árvores, esfriando cercas metálicas, e consequentemente, congelando seu coração também.


I'm not dead anymore.

With: Xayah Lyudvigovitch Tykkyläinen
Where: In Finland

future ♣
Mensagens :
8

Data de inscrição :
09/06/2017


Ver perfil do usuário
Comensais da Morte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Xayah L. Tykkyläinen em Ter Jun 20, 2017 1:13 am

My life is Alive?
Miss you
Aquelas palavras, reais ou não a fazia sentir dor, afinal se aquele a sua frente não fosse Aki isso significaria que logo se completaria mais um ano sem o marido. Mas mesmo que sua cabeça pensasse assim seu coração parecia se recusar a querer acreditar, seu corpo parecia ignorar sua mente e deseja-lo por perto, o que para Xayah era uma sensação muito estranha, afinal em toda sua vida o único que a fez se sentir dessa forma foi Aki.

Ah... me pedoe...  Senhor... eu...

Era difícil dizer que havia se confundido quando tudo parecia gritar a cara da morena que ele era real e estava ali a sua frente, assim juntava as duas mãos a frente do peito e dizia baixinho com a voz tremula ao ouvir ele

Desculpe-me também

Assim deixava as lágrimas de saudade escorrerem por seu rosto enquanto o via se afastar, naquele momento não conseguia sair daquela pose, se lembrava do dia em que o viu sair para trabalhar e o como ele estava bonito e nunca mais voltou. Sentia o olhar de ambos se conectar por alguns segundos e isso a deixou abobada e ainda mais certa de que era ele mesmo assim correu na direção do marido pronta para pedir que ele não fosse embora, mas quando se aproximava ele já havia sumido o que fazia a mulher permanecer no local por um bom tempo deixando as lágrimas rolarem de seu rosto e congelarem em sua pele até que sentiu o corpo sem forças para se manter em pé e assim aparatou rapidamente do local sem nem prestar atenção ao seu redor, porem ao invés de procurar um abrigo contra a neve a mulher aparatou direto para o cemitério, lugar onde sempre ia naquela data especifica e lá se deixou ajoelhar a frente da lapide de seu marido e chorar tudo o que seu corpo aguentava, ainda tentando entender o que foi aquilo, se foi real ou se foi uma alucinação... Porem ainda podia sentir o perfume do rapaz em sua roupa.

Aki meu amor... por favor.... volte e não vá embora novamente.

Foram as ultimas palavras que a mulher disse antes de apagar completamente, pegando no sono ali mesmo, afinal seu dia podia não ter sido cheio até antes de encontra-lo, mas mesmo que fosse a anos fazer aquela mesma visita nunca havia chorado tanto como daquela vez, afinal sentia que o tinha perdido novamente, como se na primeira vez em que esteve naquele lugar...


She has felt too much pain in her life
In her mind she's repeating the words
"All the love you put out will return to you"

Mensagens :
79

Data de inscrição :
02/06/2017

Localização :
Rovaniemi - Finlândia


Ver perfil do usuário
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Ástrid N. Lyudvigovitch em Ter Jun 20, 2017 1:40 am

RP finalizada cherry






Ástrid Lyudvigovitch
.
Reach me, if you can.
Mensagens :
377

Data de inscrição :
07/05/2017

Localização :
Vyborg - Rússia / Mansão Lyudvigovitch


Ver perfil do usuário http://tmmrpg.forumeiros.com
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] I'm back home, my love.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum